Selos Postais

HOJE É DIA DO SACI !!!

! Comunicar erro
31 de outubro de 2021
HOJE É DIA DO SACI !!!
JUNTE-SE A CENTENAS DE PESSOAS COLABORADORAS DESTE PROJETO

Entre para nossa lista e fique atualizado!

Selo Postal Saci Pererê da Emissão Comemorativa LENDAS POPULARES – Artista: Newton Cavalcanti – Emissão: CASA DA MOEDA DO BRASILEdital 01-1974:

“SACI PERERE

Mito que subiu do Sul para o Norte, existindo na região do Prata. É de viva presença até à Bahia. Ignorado no Nordeste e Amazonas, mas habitual nos textos literários e não nas estórias populares. Negrinho pequeno, magro, ágil, com uma única perna, cobre a cabeça com uma carapuça vermelha, afunilada, com poderes mágicos, na boca o eterno cachimbo. É um duende inquieto, zombeteiro, anunciando-se pelos assobios agudos, espavorindo o gado, assombrando os viajantes, perturbando a tranquilidade das residências roceiras. Não é realmente malévolo, mas adora criar complicações e dificuldades nas solidões do sertão sulista.

Não atravessa água e todos os animais o respeitam como superior. Pode dar dinheiro e ajudar aos merecedores de sua misteriosa simpatia. Corresponde ao poderoso Caapora do Nordeste. Não aparece nas documentações anteriores ao século XIX. Nenhuma influência africana, exceto na cor da epiderme.”

================================================================

Dia do Saci é comemorado anualmente em 31 de outubro.

A data homenageia o Saci-Pererê, figura mitológica do imaginário folclórico brasileiro.

Dia do Saci foi criado com o intuito de ajudar a valorizar o folclore nacional, ao invés do Dia das Bruxas (Halloween), que é celebrado no mesmo dia e que nada tem a ver com a cultura do Brasil.

Origem do Dia do Saci

Com o objetivo de fazer resistência à cultura norte-americana, a Comissão de Educação e Cultura elaborou o Projeto de Lei Federal nº 2.479, de 2013, que institui o 31 de Outubro como sendo o Dia do Saci.

No entanto, em São Paulo, a Lei nº 11.669, de 13 de Janeiro de 2004, já oficializava o dia 31 de Outubro como Dia do Saci no estado.

Várias outras cidades também já decretaram leis que oficializam a data, com o mesmo intuito de reforçar a cultura e folclore nacional. De acordo com a lei:

“Entendemos que a comemoração anual do “Dia do Saci” permitirá um contato sistemático com a variedade e a beleza das tradições do País, de modo a fortalecer o processo de consolidação da identidade nacional bem como a autoestima do povo brasileiro”.

Outra data que também celebra o Saci-Pererê, assim como todos os outros personagens míticos da cultura brasileira é o DIA DO FOLCLORE.

Dia do Saci x Halloween

Como dito, o Dia do Saci surgiu como uma alternativa ao Halloween, uma celebração baseada na cultura norte-americana. O objetivo é conscientizar a população sobre a rica variedade cultural do folclore brasileiro.

A Lei n.° 2.479, de 2003, diz que:

“A data escolhida, 31 de outubro, dia em que se festeja o Halloween, “Dia das Bruxas”, nos Estados Unidos, parece-nos pertinente. A comemoração do Halloween no Brasil – como tantas outras celebrações da cultura norte-americana de forte apelo comercial – tem atraído cada vez maior número de jovens e crianças. Criar, na mesma data, o “Dia do Saci” é, portanto, uma forma de se oferecer à juventude brasileira a alternativa de festejar as manifestações de sua própria cultura.”

Atividades para o Dia do Saci

Ao invés de sair pelas ruas fantasiado com as roupas típicas do Halloween norte-americano, no Dia do Saci as pessoas podem optar por fantasias que caracterizem os seres sobrenaturais do folclore brasileiro, como o Saci-Pererê, a Matinta Pereira, o Curupira, a Caipora, entre outros.

Entre algumas das atividades interessantes para partilhar com as crianças no Dia do Saci, destaca-se:

  • Contar histórias sobre as lendas nacionais;
  • Fazer uma peça de teatro com o Saci-Pererê como personagem principal;
  • Fazer desenhos do Saci e das demais figuras mitológicas da cultura brasileira;
  • Recriar a lenda do Saci-Pererê, incentivando a criatividade das crianças.

A Lenda do Saci-Pererê

Há quem diga que a lenda do Saci surgiu no sul do Brasil, em meados do século XVII, onde as histórias populares narravam as travessuras de um pequeno índio de rabo que assustava os animais e destruía plantações.

Porém, quando a lenda chegou ao norte do país, as características do personagem mudaram. Passou a ser negro, usar um gorro vermelho e a fumar um cachimbo (por influência da cultura africana na região). A lenda também descreve o Saci como tendo apenas uma perna, pois a outra teria perdido em uma luta de capoeira.

A lenda do Saci-Pererê é transmitida ainda hoje de geração em geração nas comunidades rurais do Brasil, principalmente.

O mito ficou conhecido nas grandes cidades do país e internacionalmente graças aos livros de Monteiro Lobato, com destaque para “O Sítio do Pica-Pau Amarelo”, que teve sua adaptação para a TV e tornou as histórias do Saci conhecidas em todos os cantos do Brasil.

Fonte: Site Calendarr

================================================================

Lenda do Saci Pererê: Turma do Folclore

Conheça a história do Saci Pererê, este personagem danadinho e peralta da Turma do Folclore, que adora brincar na floresta com seus amigos Curupira, Iara e Caipora do Folclore Brasileiro.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *